Diabéticos têm duas vezes mais chances de ter perda auditiva.

Tempo de leitura: 1 minuto

Desinformação e falta de exames periódicos aumentam riscos,alerta especialista.

Muitos diabéticos desconhecem que o excesso de açúcar no sangue pode causar, gradativamente, perda auditiva.

Os números do Diabetes no Brasil, segundo a pesquisa Ibope, não param de crescer. De acordo com o levantamento de 2013 , 13,4 milhões de pessoas possuem a doença no pais e 23% da população nunca realizaram nenhum teste de glicemia, que mede a taxa de açúcar(glicose) no sangue.
A falta de informação e os hábitos inapropriados colaboram para a crescente curva da doença no Brasil e, apesar de possível controle, muitas pessoas ainda sofrem com problemas ocasionados pelo descontrole das taxas glicêmicas. Muitos diabéticos desconhecem que o excesso de açúcar no sangue pode causar, gradativamente,perda auditiva. (As artérias que ligam o ouvido interno, médio e externo são muito finas e acabam se lesionando com o excesso de glicose no sangue, levando o paciente a sofrer de perdas auditivas).
É possível ter audição normal, momento do diagnostico da doença, mas sofrer, progressivamente, com a perda auditiva.(Se compararmos com a população que possui diabetes, a perda auditiva é duas vezes mais comum nos adultos com a doença. Por isso, é essencial que o paciente diabético realize, periodicamente, exames de audiometria, para averiguar sua capacidade auditiva).

Gostou deste artigo? Clique no mapa abaixo e encontre a clínica mais próxima de você. Aumente agora a sua qualidade de vida!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *