Fumar aumenta a chance de ter perda auditiva

Tempo de leitura: 1 minuto

Um estudo realizado pela Universidade de Manchester (Reino Unido) apontou que fumantes têm 15% a mais de chances de sofrer de perda auditiva. Os riscos seriam maiores entre os fumantes passivos: de acordo com a pesquisa, nestes casos, o índice sobe para 28%.

O levantamento considerou os dados de mais de 50 mil voluntários, observados desde 2007. Segundo os pesquisadores, quase 20% da população de fumantes do Reino Unido e até 60% da população noutros países têm o tabagismo como causa significante de perda auditiva.

O dano, de acordo com a pesquisa, foi diretamente proporcional ao consumo, ou seja, em média, o índice pode crescer de acordo com os hábitos de cada pessoa.

Ainda de acordo com o estudo, quem para de fumar pode reduzir as chances de perda. Isso acontece porque a maioria dos ex-fumantes adota um estilo de vida saudável de modo que beneficia a audição.

As causas da perda auditiva ainda não são claras. Não se sabe se as toxinas da fumaça do tabaco afetam diretamente a audição ou se estão relacionadas com doenças cardiovasculares que afetam o sistema vascular, e com isso, mudam os níveis de audição indiretamente.

Fonte: http://deficienciaauditiva.com.br/

Gostou deste artigo? Clique no mapa abaixo e encontre a clínica mais próxima de você. Aumente agora a sua qualidade de vida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *